Marketing Digital Websites

Otimização de Site: O Que é e Por Que é Tão Importante?

Otimização de site

Todos os dias, seu site é acessado por dezenas de possíveis clientes, mas muitos não chegam a comprar nem entrar em contato mesmo que estejam interessados. Talvez isso tenha a ver com a experiência deles na página, que pode não ter sido tão boa. Então, será que não é hora de você aplicar uma otimização de site e mudar seus resultados?

Pense na sua experiência como usuário da internet. Quantas vezes você entrou em uma página e desistiu porque demorou muito para carregar ou era difícil encontrar o que você queria?

Continue lendo este texto e saiba tudo sobre o conceito, inclusive como aplicá-lo.

O que é a otimização de site?

Este é o nome dado ao processo que melhora a navegabilidade da página e, assim, aumenta o tempo de permanência do usuário.

O objetivo é aprimorar alguns pontos de acordo com os pré-requisitos das ferramentas de busca, como o Google. Ou seja, um site otimizado oferece uma melhor experiência ao usuário e é encontrado com mais facilidade. Assim, os resultados são muito positivos e, no fim das contas, ajudam até a aumentar as vendas.

Como ela funciona?

Ferramentas de busca trabalham com algoritmos que analisam uma série de variáveis para determinar se um site é bom. Isso porque elas identificam palavras-chave digitadas pelo usuário e as relacionam com os milhões de resultados possíveis.

Sites com melhor otimização ficam nos primeiros lugares, pois têm mais chances de proporcionar uma boa experiência.

A intenção do Google e ferramentas similares é sempre levar o usuário a um site de qualidade, no qual ele tenha mais chances de conseguir o que procura. Por isso, consideram fatores como:

  • Velocidade de carregamento
  • Palavras-chave usadas na página
  • Uso de imagens
  • Tempo de permanência do usuário na página

Suas características podem ser divididas em on-pageoff-page e de conteúdo. Abaixo, detalhamos como funciona cada uma delas.

SEO on-page

O SEO on-page é a otimização de site que você consegue controlar completamente, mesmo que não entenda de programação. Dessa forma, as alterações podem ser feitas somente mexendo no conteúdo de uma página.

Entre as principais qualidade, encontramos:

  • conteúdo da página;
  • títulos e subtítulos;
  • metadescription, a descrição que aparece nos resultados do Google;
  • links externos;
  • texto alternativo em imagens.

Por exemplo, quem usa as plataformas mais comuns de gestão de conteúdo, como o WordPress, consegue fazer essas atualizações de forma simples. A ideia é ter conteúdo otimizado, fácil de ler em dispositivos móveis ou desktop e que mostre para usuários e ferramentas de busca que o texto é relacionado à palavra-chave.

Por isso, é preciso incluir a palavra nos títulos, subtítulos e corpo do conteúdo. Isso é válido para todas as páginas do site, incluindo “Sobre”, “Serviços” e até posts de blog, se tiver.

SEO off-page

Também conhecido como a parte mais difícil de otimizar, o off-page trabalha com partes que não são influenciadas pelo conteúdo. Então, você pode precisar de um programador para conseguir melhorar essa parte da página.

Isso porque o off-page cuida de detalhes que garantem uma boa navegação. Nem sempre o usuário os percebe, mas se eles não estivessem otimizados faria muita diferença. Confira o que precisa ser verificado no off-page:

  • velocidade de carregamento;
  • links externos direcionando para a página;
  • compartilhamento de redes sociais;
  • links quebrados;
  • falhas de segurança, como a falta de um certificado SSL;
  • tempo de navegação do usuário no site.

Portanto, sua função é manter a página com bom funcionamento. Ela precisa carregar rápido, ser simples de navegar e possuir todas as ferramentas de segurança necessárias.

Otimização de conteúdo

Quando falamos em conteúdo, nos referimos a todas as informações disponíveis nas páginas. Essa otimização de site é especialmente importante para quem trabalha com blogs e deseja torná-los mais relevante nas buscas do Google.

Para conseguir ter um artigo otimizado, você precisa facilitar a leitura. Por isso, as frases e parágrafos nunca devem ser muito longos. Prefira textos divididos em subtítulos e tente incluir tópicos para dar um respiro ao longo do artigo.

Além disso, é importantíssimo utilizar a palavra-chave escolhida ao longo do texto para conseguir posicionar melhor seu conteúdo. Esse processo é basicamente a otimização on-page, mas focando em um termo de busca relacionado ao tema do artigo.

É possível realizar otimização de site sozinho?

Para isso, você precisa ter conhecimentos no uso da plataforma e saber um pouco de programação. Muitas das otimizações já são feitas no momento de contratar um serviço de criação e hospedagem para a página.

Por outro lado, portais com muito conteúdo, incluindo fotos, vídeos e números de acessos geralmente pecam ao querer usar uma hospedagem compartilhada. Isso prejudica o site, pois o torna lento e indisponível por mais tempo.

Quando a hospedagem é corrigida, muitos problemas no SEO off-page também são.

Por fim, recomendamos considerar a otimização como um procedimento rotineiro. O site precisa estar sempre otimizado para trazer mais resultados para sua estratégia de marketing digital.

Autor

Jéssica Azevedo Moraes

Pós-graduanda em Marketing Digital Estratégico e Redatora Publicitária Freelancer para a Agência Site Bem Feito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está satisfeito com ele.