Gestão Marketing Digital

Planejamento de Marketing: Como Fazer um Para o Meu Público?

Planejamento de Marketing

Naturalmente, quem trabalha em agências de propaganda, publicidade e marketing precisa saber montar um planejamento de marketing de qualidade. Afinal, essa ferramenta ajudará a traçar as estratégias certas, que superem as expectativas do cliente, e a direcionar as ações.

No entanto, nem sempre é uma tarefa fácil e pode gerar dúvidas e dificuldades até para os profissionais da área. Por isso, selecionamos as melhores dicas para você saber tudo sobre o assunto.

Qual é a importância do planejamento de marketing?

Basicamente, toda empresa requer esse material para inovar seu posicionamento no mercado, adotar técnicas de divulgação e expandir a marca. Dessa forma, ele é útil para negócios novos conquistarem seu espaço ou antigos, que talvez estejam desatualizados.

Com este recurso, é possível criar estratégias de marketing mensais, semestrais ou anuais e deixá-las definidas com antecedência. Assim, ficam prontas para serem executadas no melhor momento em vez de precisarem ser criadas com certa frequência.

Além disso, este documento também ajuda em:

  • Análises de dados;
  • Futuros investimentos;
  • Mapeamento de cenário;
  • Melhorias na comunicação interna e externa;
  • Mudança de posicionamento;
  • Pesquisas;
  • Tomada de decisões.

Mas não esqueça: ele deve estar alinhado aos desejos do contratante e a outras áreas internas da agência.

Conheça os tipos que você pode oferecer ao seu público

Como dissemos, o planejamento de marketing disponibiliza outras soluções, seja no ambiente on ou offline. Então, é importante entender os modelos mais comuns para identificar o que melhor vai se encaixar às necessidades do seu cliente.

Plano estratégico

Um dos mais conhecidos e usados, é bastante amplo e apresenta ferramentas para diferentes áreas. Por exemplo, na digital, há redes sociais, site, blogs e campanhas, com conteúdos e investimentos específicos.

Isso porque muitas empresas recorrem a agências para estabelecer novas estratégias na parte de vendas e comunicação.

Plano tático

Baseado no sistema estratégico, ele mostrará quais caminhos devem ser seguidos com as coordenadas para cada área interna da agência. Assim, quando uma nova comunicação for adotada, direcionará as mudanças que precisarão ser feitas, como conteúdo, canais a serem utilizados etc.

Faz parte do planejamento de marketing transmitir as decisões para os respectivos departamentos. Logo, as atividades de cada um entregues e combinadas serão as melhores possíveis, garantindo resultados excelentes.

Plano operacional

Este vai acompanhar a produção e o desenvolvimento das etapas acordadas dos sistemas acima: cronogramas, prazos e responsáveis por cada tarefa. Dessa forma, todas as ações já estabelecidas serão entregues com pontualidade na data solicitada.

Enfim, cada passo é necessário para a execução do todo. Por isso, deixar de lado qualquer um deles pode interferir na qualidade final.

As principais fases do planejamento de marketing

Abaixo, saiba o que é imprescindível na estrutura geral do seu projeto.

Identificar o problema

Antes de tudo, de sugerir qualquer plano de ação, é preciso fazer um diagnóstico do momento atual do seu cliente. Para isso, estude os últimos relatórios de rendimentos, faturamentos, lucros e posicionamento da empresa.

Resumidamente, saiba tudo sobre a marca que te contratou. Assim, vai ser mais fácil desenvolver um planejamento de marketing que supra as necessidades e limitações dela.

Prestar atenção à concorrência

Naturalmente, essa etapa é fundamental para qualquer análise de um negócio. Isso porque você talvez encontre informações sobre o público e perceba o que seu freguês pode estar fazendo de errado.

Além disso, observar os adversários possibilita desenvolver estratégias diferenciadas, exclusivas para os consumidores, e se antecipar a imprevistos.

Conhecer a audiência

Invista em estudar e entender as personas, o alvo de toda a divulgação. Dessa forma, você vai saber elaborar as técnicas certas, que alcançarão e impactarão os compradores dos produtos e serviços.

É para isso que serve o planejamento de marketing: atingir seu cliente, que vai te reconhecer, se lembrar da sua marca, consumi-la e indicá-la.

Certamente, outros pontos são necessários para criar essa ferramenta. Uma vez dominados esses, que são os mais básicos, que tal procurar saber mais?

Autor

Ana Clara

Jornalista e Produtora de conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você está satisfeito com ele.